Nós realmente precisamos de afeto? Podemos também dar afeto a outras pessoas? Mas como se portar afetuoso em um mundo repleto de exemplos e casos de violência de todo tipo? Parece utopia. Mas, no fundo, é verdade. Para falar como isso se dá, o Lar de Maria convidou Paulo Cunha e Cristiane Savedra para atuarem como dialogadores na Roda de Conversa “Afetividade” nesta quarta-feira (14). O evento transcorrerá às 19 horas, com transmissão ao vivo pelo canal dessa casa espírita no YouTube.
Desde quando nascemos, recebemos gestos de afetividade, como o carinho dos pais e de outros membros familiares. Na infância, na juventude, como adultos, sempre há alguém demonstrando afetividade para conosco, ainda que estejamos em um mundo de provas e expiações, em plena transição para mundo de regeneração.
E sabe o que é mais interessante? Somos capazes de demonstrar afetividade para com os outros, de sermos protagonistas de gestos afetivos com familiares, amigos, pessoas conhecidas e não conhecidas nas diversas etapas da vida. No entanto, para sermos gratos com quem é afetuoso para conosco e tratarmos os outros com afetividade é necessários domarmos o orgulho e o egoísmo em nós.
Daí ser interesante se conhecer um pouco mais sobre o tema “Afetividade” na Roda de Conversa desta quarta-feira.

A Roda de Conversa “Afetividade” poderá ser conferida em:

https://www.facebook.com/105707237632179/posts/348983806637853/


0