O que acontece quando famílias estão com Jesus, vivem e buscam sempre viver sintonizadas com os ensinamentos do Mestre Amigo? Elas conseguem, fundamentalmente, ter um olhar amoroso para seus integrantes e para a vida em geral. Como prova dessa transformação, famílias de evangelizandos da Evangelização Infantojuvenil do Lar de Maria desfrutaram de momento de confraternização no dia 29 de maio, no evento “Famílias com Jesus”.
A programação foi organizada para comemorar o Dia da Família, transcorrido em 15 de maio. E desde o começo do evento, a alegria e entusiasmo tomou conta dos participantes. Com atividades online, por causa da pandemia da covid-19, a tarde alegre contou com a leitura da mensagem inicial e ainda o momento especial da prece inicial. O cantor espírita Ranieri fez apresentação musical e interagiu com as famílias.
Logo depois, as famílias – pais, mães e responsáveis e evangelizandos em seus lares — reuniram-se em uma sala principal, recebendo orientações da coordenação em interagindo com os evangelizadores.
Pais e filhos participaram da construção da Família de Jesus em massinha de modelar, sob orientação dos evangelizadores. Desse modo, cada família pôde expressar na atividade seu talento para trabalhar em conjunto e seu amor para com Jesus, Maria e José.
Juntos
Em seguida, as famílias foram destinadas a salas temáticas à escolha: uma sala com abordagem da memória afetiva, coordenada pelo instrutor Alan Rosa, e uma sala com atividades de dança, sob a coordenação da professora Gabrielle Ribeiro Costa.
Na sala sobre memória afestiva construída a partir de fotografias analógicas e digitais, os participantes trocaram informações sobre a importância de se cultivar momentos em família e registrá-los para reforçar a convivência harmoniosa entre os membros de um núcle familiar em contraponto a postagens sucessivas nas redes sociais sem um foco fundamentado na amorosidade. Pais e filhos foram convidados a registrar, em fotos, um objeto, um espaço no lar e uma foto expressivos da vida em família.
Já na sala da oficina de dança, evangelizandos e familiares tomaram parte de atividades assimilando mais sobre essa expressão artística tão presente na sociedade. “Eu não gosto muito de dança, mas gosto de participar das reuniões do Lar de Maria, porque a família fica toda junta e isso é bom”, declara Bruno Oliveira Nascimento, 8 anos, evangelizando do Ciclo I.
Ao longo de “Famílias com Jesus”, evangelizandos e seus pais e responsáveis puderam conferir como é possível vivenciar momentos de harmonia em família, a partir do propósito estabelecido por cada componente do núcleo familiar e, de forma especial, com a assistência do Mestre Amigo e dos benfeitores espirituais.

0