Famílias de evangelizandos, entre pais, crianças e adolescentes, e evangelizadores do Lar de Maria tiveram uma tarde de emoção no dia 5 deste mês de dezembro, por meio do evento de encerramento das atividades da Evangelização Infantojuvenil da Casa Espírita em 2020. Com o tema “Jesus no Lar”, a festa, toda online, por causa da pandemia da covid-19, possibilitou uma troca de energia positiva entre pessoas que estão juntas, por meio de recursos tecnológicos, todos os sábados desde março deste ano.
A proposta da coordenação do setor foi de que os ciclos e as famílias em particular trabalhassem o tema, para fortalecer a mensagem do Cristo: “Amai-vos uns aos outros”. E assim foi feito. Crianças de três até seis anos de idade, no Mardim (junção do Maternal com Jardim), apresentaram uma vídeo expondo o Nascimento de Jesus. O primeiro ciclo apresentou, por meio de desenhos feitos por crianças de sete e oito anos de idade, a Infância de Jesus. Já as crianças do segundo ciclo, de oito e nove anos de idade, expuseram a história dos apóstolos de Jesus, mediante apresentação oral.
Integração
Coube às crianças do terceiro ciclo, de 10 a 12 anos, abordarem parábolas de Jesus, via contação de história. Os jovens do quarto e quinto ciclos, na faixa de 13 a 17 anos, enfocaram a Crucificação e Ressurreição (manifestação após o desencarne) do Cristo por meio de vídeo com frases elaboradas pelos evangelizandos sobre o subtema “Carregar a cruz”.
A equipe de evangelizadores da Casa exibiu um jogral com imagens fundamentado em passagens do livro “A Evangelização no Mais Além”, do espírito Lúcio de Abreu com a médium Janaína Farias. Logo depois, os participantes do evento conferiram um vídeo sobre as atividades da Evangelização Infantojuvenil em 2020, em que evangelizadores e evangelizandos, com a assistência da Espiritualidade em serviço a Jesus, conseguiram superar obstáculos e concretizar momentos de formação moral online ao longo do ano. A ambientação musical da tarde esteve a cargo de Kleber Amanajás, evangelizando que reside em Macapá (AP).
Pais e filhos
“O que mais me chamou a atenção não apenas no encontro de encerramento da Evangelização, mas também ao longo do ano, aos sábados, foi a participação dos pais. Embora se tenha dificuldades de conexão via internet, eles demonstraram boa vontade, perseverança em estar com as crianças. Então, foi um momento emocionante para os evangelizadores e para as famílias dos evangelizandos”, destaca Nélia Paula Barbosa, da equipe da Evangelização Infantojuvenil.
Para a comerciante e dona de casa Nilda Almeida, que reside no município de Santa Izabel do Pará, as atividades da Evangelização do Lar de Maria foram válidas ao longo de 2020. “No começo, nós tivemos dificuldade de conexão para assistir as reuniões, mas, depois, conseguimos e foi muito bom participar dos encontros e aprender um pouco mais sobre o Espiritismo”, afirma Nilda, casada com o porteiro de prédio, Raimundo Nonato Almeida. O filho do casal, João Rafael Almeida, 11 anos, tomou parte na festa de encerramento das atividades 2020 e aprovou a programação. “Eu gostei muito das atividades, das apresentações. A minha fala foi sobre amor e caridade. Foi muito legal, divertido”, ressalta o evangelizando do 3º Ciclo.

0