No contexto da pandemia, como parte da Transição Planetária de Mundo de Provas e Expiações em Mundo de Regeneração, vem a pergunta: “Quando iremos nos melhorar? Quando vamos nos moralizar?”. Esse questionamento foi feito pelo médico e trabalhador voluntário do Jardim das Oliveira, Haroldo Moreira, na palestra que fez, online, aos pais e mães de evangelizandos da Evangelização Infantojuvenil do Lar de Maria em 14 de novembro.
“O nosso desafio é esse, de nos aperfeiçoarmos como espíritos na reencarnação nos concedida pela misericórdia de Deus e por meio da atenção aos ensinamentos do Mestre Jesus”, afirmo Haroldo. Ele discorreu sobre o tema “Jesus em todos os tempos” e enfocou a presença do Cristo junto aos espíritos relacionados à Terra antes mesmo desse planeta ser formado.
Missão
Por duas vezes, como relata o espírito Emmanuel no livro “A Caminho da Luz”, a Comunidade de Espíritos de Luz reuniu-se por duas vezes a fim de tratar de assuntos da Terra. “Rezam as tradições do mundo espiritual que na direção de todos os fenômenos, do nosso sistema, existe uma Comunidade de Espíritos Puros e Eleitos pelo Senhor Supremo do Universo, em cujas mãos se conservam as rédeas diretoras da vida de todas as coletividades planetárias. Essa Comunidade de seres angélicos e perfeitos, da qual é Jesus um dos membros divinos, ao que nos foi dado saber, apenas já se reuniu, nas proximidades da terra, para a solução de problemas decisivos da organização e da direção do nosso planeta, por duas vezes no curso dos milênios conhecidos”, como está descrito no livro de Emmanuel.
“A primeira verificou-se quando o orbe terrestre se desprendia da nebulosa solar, a fim de que se lançassem, no Tempo e no Espaço, as balizas do nosso sistema cosmogônico e os pródromos da vida na matéria em ignição, do planeta (Jesus governa o planeta desde aqui), e a segunda, quando se decidia a vinda do Senhor à face da Terra (e o Verbo se fez carne…), trazendo à família humana a lição imortal do seu Evangelho de amor e redenção”, acrescentou o palestrante Haroldo citando trecho de “A Caminho da Luz”.
Allan Kardec já abordava a Transição Planetária no livro “A Gênese”, em que se destaca que os espíritos ainda endurecidos e simpatizantes da prática do mal seriam recambiado s para um planeta afim, ou seja, não mais permaneceriam na Terra. “Quando nos melhorarmos o planeta também melhora e passa para Mundo de Regeneração”, assinalou Haroldo Moreira. Ele observou que o novo coronavírus também reúne o aspecto espiritual de “nos consertar moralmente para evoluirmos”.
A Adúltera
O palestrante exemplificou o amor e a postura renovadora de Jesus mencionando a passagem bíblica sobre a mulher adúltera, em que o Mestre chama os acusadores a uma autoanálise ao indicar que aquele que não tivesse errado poderia atirar pedras na pessoa em erro. Depois de notar que todos foram-se embora, Jesus recomenda à mulher para que trate da vida e não pecasse mais. Anos mais tarde, o marido dessa mesma pessoa foi amparado por ela em uma casa de ajuda para os necessitados.
“Hoje não apedrejamos com pedras, mas com outros instrumentos. Precisamos nos esforçar mais. Como nos mostra a passagem da Bíblia precisamos cultivar o autoperdão e a partir da grandeza e sabedoria do Cristo buscarmos compreender os atos dos outros e os nossos próprios atos”, salientou Haroldo Moreira. Ao final do encontro na casa espírita, o palestrante saudou a todos, em nome de Maria, mãe de Jesus, como frisou, e já foi convidado a retornar para uma nova palestra a evangelizandos e evangelizadores do Lar de Maria.

0