Júnior Vidal confirmou a parceria com o Lar de Maria, interagindo com o público em Belém

A primeira live da Evangelização Infantojuvenil, no dia 11 de julho, não poderia ter sido melhor: o cantor e compositor carioca Júnior Vidal, morando no Espírito Santo, com uma carreira musical sólida no movimento espírita do país, interagiu online com famílias de evangelizandos e evangelizadores por mais de uma hora, em um evento que solidificou a amizade entre Júnior e os paraenses.

A live teve a participação de pessoas de vários pontos do País, gente que acompanha a trajetória do artista espírita. O evento teve como mediadora a trabalhadora Tatiane Nascimento, que juntamente com Luciana Monteiro atua na coordenação da Evangelização do Lar de Maria.

“O Júnior esteve em Belém no ano passado, quando ministrou uma oficina sobre arte na evangelização espírita, no Lar de Maria, e a partir daí começamos a aprofundar conhecimentos sobre o trabalho dele. Este ano, com a pandemia, pensamos em fazer uma live com ele, reforçando a importância da arte na evangelização, no movimento espírita.Ele aceitou o nosso convite e a live fluiu com a participação dos pais dos evangelizandos”, destaca Tatiane.

E a live fluiu mesmo. Júnior exalou simpatia, na companhia de seu inseparável violão, tocando sucessos sobre temas importantes para crianças e adultos, como “Onde mora o coração?”, “Pirlimpimpim” “Do outro lado” e outros sucessos.

Entre uma canção e outra, o cantor e compositor aproveitou para interagir com os evangelizandos e evangelizadores, em especial as crianças. Ele deu dicas de livros, jogos e projetos, como os livros “Evangelização no Mais Além” e “Diretrizes Apostólicas”.

Troca

Na troca de mensagens e energia, por meio do bate-papo (chat), Júnior Vidal comentou com os pais sobre as atrações gastronômicas do Pará, o que gerou água na boca no cantor, papais e mamães e filhotes.

“Foi muito bom. A live foi muito animada, o meu filho, o Céu, já conhecia algumas músicas do Júnior; foi bem interativa, e nós assistimos pela pela TV”, destaca Fabrício Ferreira, engenheiro florestal e pai do evangelizando Céu, de 4 anos de idade.

Até o próximo encontro virtual ou presencial com Júnior Vidal, papais, mamães, filhos e evangelizadores continuarão acompanhando as criações desse artista tão especial para o Espiritismo no Brasil.

0